Skip to main content

Com a pandemia do coronavírus, avançamos mais de 20 anos em apenas um, isso só aconteceu porque fomos praticamente obrigados a entrar no universo digital de cabeça. Mas a principal mudança aconteceu no consumidor.

O acesso a informação e a busca rápida que a internet possibilita, faz com que as pessoas possam buscar por seus direitos em alguns segundos e imediatamente entrar em contato com seus advogados, mas tal volume diário de buscas, também aumenta a concorrência.

Este é o novo desafio dos profissionais de direito, além disso, a OAB ainda regulamenta as estratégias do que pode e o que não pode ser feito no marketing digital para advogados e escritórios de advocacia, e caso hajam violações destas normas, os profissionais responsáveis podem ser obrigados a responder no conselho de ética e/ou, serem obrigados a pagar multas por uma atuação incorreta.

Neste artigo você vai aprender tudo o que você precisa saber sobre marketing digital para advogados, além disso, preparei para você uma série de dicas para você aplicar nas suas estratégias digitais em anúncios e redes sociais. Quando terminar, além de saber o necessário para aplicar as estratégias mais efetivas de marketing digital, você saberá exatamente o que precisa saber sobre o assunto, e será capaz de começar a gerar vendas e cadastros, ou receber contatos de mais clientes diariamente. Você vai ver:

 

 

O que é Marketing Digital

Antes de entender o que é o Marketing Digital, você precisa entender o que é marketing. Existem várias discussões em torno do tema e deixar isso claro pode facilitar muito a sua tomada de decisão.

O marketing tradicional é um conjunto de princípios de comunicação publicitária e ações comerciais a fim de atrair, converter e fidelizar potenciais clientes. Para isso utilizam-se de estratégias off e online, e é aí que entra o marketing digital.

O Marketing Digital é um conjunto de ferramentas online que permitem ações diretas e acompanhamento de métricas a fim de melhorar a performance das estratégias de marketing. Entre as principais estratégias do Marketing digital estão o uso das redes sociais, marketing de conteúdo, tráfego pago, mídia programática, etc…

Se você pensa que é uma ideia parar tudo e partir para o digital sem pensar duas vezes, você pode estar relativamente certo. O Marketing Digital apesar de ser mais efetivo e possuir sistemas para análises de performance e resultados, não substitui o marketing tradicional, ao contrário, um pode ser complemento incrível do outro, então, vale considerar uma estratégia mais robusta que inclua o on e o offline.

 

Como funciona o Marketing Digital

Como já explicado anteriormente, o marketing digital é um conjunto de ferramentas que são utilizadas juntas para atingir um determinado objetivo.

Você precisará dessas ferramentas para para gerar tráfego para um site ou uma página de vendas. Em outras palavras, para que você tenha um marketing digital efetivo, precisará definir um plano de marketing, e um “fim”(site, landingpage, perfil, blog, canal) para onde levar as pessoas e definir a ação que deseja que elas tomem.

Você utilizará de estratégias de social media, marketing de conteúdo, tráfego pago e orgânico, SEO, entre outras para gerar tráfego e incentivar as pessoas a tomarem uma atitude. No caso de advocacias (que possui regras similares ao marketing médico) ligar, fazer uma ligação para agendar um horário, clicar para fazer uma visita ou enviar uma mensagem, fazer um cadastro, no caso de uma loja, fazer uma compra, ou colocar produtos no carrinho para depois finalizar a compra, tudo isso partindo do princípio de funil de marketing digital.

 

O que é Funil de Marketing

Existem diversos tipos de funis de marketing, mas partimos de uma ideia básica de três fases de um funil – Atração, relacionamento, conversão.

Na etapa de atração, você utilizará estratégias para atrair, chamar atenção, fazer com que as pessoas tenham interesse em você e no que você tem a dizer. Conteúdos virais, polêmicos e em alguns casos extravagantes, ou talvez educativos e motivacionais podem atrair pessoas para sua primeira etapa do funil. Aqui você pode esquecer um pouco da qualificação, você pode usar essa etapa para aprender mais sobre seu potencial público.

Relacionamento é a segunda etapa do funil, é quando sua audiência se compromete com você e você oferece algo em troca de um pequeno comprometimento. Talvez um e-book, uma newsletter, algumas dicas semanais em troca de um cadastro ou de cupom de desconto, nessa etapa quando isso acontece você tem maiores chances de continuar vendendo várias vezes para um mesmo cliente, reduzindo o custo de aquisição de clientes.

Por fim, a ultima etapa é a conversão, depois de ter passado por todas as etapas do funil o cliente está mais preparado para consumir seus produtos e serviços, o fechamento tenderá a sair mais fácil pois o cliente já conhece um pouco do seu trabalho, já confia em você e agora, pode ser que sinta o dever de contratar algum serviço seu, como veremos mais adiante falando sobre gatilhos mentais para marketing digital.

 

Para onde está indo o Marketing Digital

Mais recentemente o facebook mudou seu nome para Meta, uma referência direta  ao Metaverso, um universo digital desenvolvido em forma de ecossistema onde as pessoas podem criar e socializar de forma digital e interativa.

Ao que tudo indica, o Metaverso é uma grande tendência, e será a grande aposta das empresas nos próximos meses/anos. No caso do uso deste novo meio para o marketing digital estamos falando de um canal onde as pessoas estarão “digitalmente” e serão impactadas por publicidades, assim como são impactadas por outdoors enquanto andam de carro, ou por panfletos enquanto caminham na rua. Ainda há muito o que explorar nesta novidade, empresas como Tim e Lacta construíram suas experiências imersivas durante o final do ano de 2021. Lojas digitais preparadas para permitir que as pessoas fossem capazes de ver e experimentar produtos literalmente sem sair de casa.

Como dito anteriormente, ainda há muito a ser explorado no metaverso, e estaremos atentos para estas novidades, e você pode inscrever-se no link abaixo para receber essas novidades e dicas em primeira mão. (Assine nossa newsletter)

 

O que é marketing de Conteúdo

Você pode ter ouvido falar em marketing de permissão, inbound marketing, ou marketing de conteúdo. O Marketing de Conteúdo conta com uma série interminável de canais excelentes para geração de tráfego.

Em poucas palavras, é a estratégia de marketing digital onde você cria textos, imagens, vídeos e músicas com objetivo de Entreter, Motivar, Ensinar, Interagir e Conversar (EMEIC).

Considere este artigo uma estratégia de marketing de conteúdo. Canal no youtube ou página no instagram, comunidade online ou blog próprio, você precisa criar conteúdos que gerem um movimento, que façam as pessoas perceberem que você sabe do que você está falando, para assim facilitar o seu processo de vendas on e offline.

 

Entre os principais benefícios do marketing de conteúdo estão:

 

  • Aumento da sua autoridade como marca;
  • Redução do custo por anúncio;
  • Aumento do engajamento e confiança do cliente;
  • Qualificação do cliente;
  • Melhoria no posicionamento e resultados nas buscas do Google;
  • Gerar Empatia e relacionamento com o cliente;

A ABCCOM (Associação Brasileira de Comercio Eletrônico) revelou em pesquisa de 2020 que 65% dos clientes interagem com as redes sociais antes de fazer alguma negociação com as empresas. Dados da mesma fonte mostraram que os clientes fazem buscas nas redes sociais antes de realizar uma compra ou agendar uma visita na empresa, os dados vem sido confirmados desde 2019 e fortalecidos com os picos de contagio do coronavirus em 2020 e 2021.

 

Trafego Pago x Trafego Orgânico

Vamos começar trazendo uma definição de cada um, e como isso afeta seu marketing digital. Imagine um shopping com várias lojas, as pessoas que entram e saem das lojas são o seu tráfego, o shopping é a internet.

Você precisa fazer todo o possível para que as pessoas acessem a sua loja, pois se estão no shopping, podem tornar-se potenciais clientes. Agora imagine que as pessoas estão passeando pelo shopping, veem a sua placa e acabam entrando por curiosidade, ou por interesse em algo que você tem na vitrine, isso é tráfego orgânico, você não pagou para incentivar a pessoa a entrar, você simplesmente tem um espaço lá dentro e por estarem no mesmo espaço do shopping, sentiram-se estimuladas a visitar.

Agora imagine que você tem uma loja neste mesmo shopping, mas agora, você contrata uma pessoa para panfletar na frente da sua loja e para convidar as pessoas a entrarem para comprar ou para conhecer sua loja, isso é tráfego pago.

Enquanto no tráfego orgânico, usamos de canais gratuitos para aparecer e gerar interesse no nosso público, no tráfego pago nós pagamos para as plataformas anunciarem para quem quisermos atingir. Continue lendo até o fim, preparamos uma dica de como utilizar corretamente cada uma das estratégias no seu marketing digital.

 

Como usar o Tráfego Orgânico nas Estratégias de Marketing digital

Já de cara um aviso, o tráfego orgânico é o mais penalizado é difícil de fazer pensando em escritórios de advocacia. Mas nem tudo está perdido. Aqui vamos te contar exatamente o que fazer, e agora sem enrolação vamos colocar uma estratégia passo-a-passo para fazer tráfego orgânico e começar a receber mais mensagens e ligações.

Como estamos falando basicamente de criação e gestão de conteúdo digital, lembre-se de que hoje estamos falando de estratégias de médio e longo prazo, então não vai adiantar fazer isso por um ou dois dias, você precisará manter essa consistência diariamente por no mínimo 3 meses para começar a coletar bons resultados.

1 – Redes Sociais: Esteja presente nas principais redes sociais onde seu público está – Facebook, instagram, linkedin, Spotify, Pinterest, tiktok, blog(principalmente)

2- Mantenha a frequência de postagens nestes canais: Post diaria, semanal, mensalmente, mas mantenha a frequência e mais importante, a consistência destes posts. Fale sobre temas relevantes do seu nicho e com qualidade, a quantidade de postagens é quase que irrelevante, claro que quanto mais, mais você aparecerá, mas é inviável fazer isso sozinho (contrate um profissional de redes sociais aqui)

3- Participe de grupos, comunidades, perfis do seu nicho ou de complementares: é uma ótima forma de ser visto e lembrado inclusive por profissionais da mesma área que você. Antes de postar seu conteúdo, interaja com outros profissionais e pessoas que podem ser potenciais clientes. Quando o fizer, chame as pessoas para opinarem no seu conteúdo e participarem da discussão com você.

Acredite, só estas três ações já te darão bastante trabalho, mas o resultado vale a pena se você mantiver uma boa frequência de postagens assim como, uma boa frequência de interações com terceiros.

 

Gatilhos Mentais para Marketing Digital

O termo “Gatilho Mental” vem da psicologia e estudos de neurociência. Basicamente quer dizer que cada estímulo incentiva uma reação ou comportamento. No marketing digital eles incentivam comportamentos que variam desde um simples “like”até uma compra ou cadastro. Entre os principais e mais poderosos estão:

Reciprocidade: Quando você ensina ou ajuda uma pessoa, usando conteúdo nas redes sociais, ou uma mensagem por whatsapp, essa pessoa sente-se em dívida com você, então ela vai buscar uma forma de te “pagar”essa dívida. Vai fazer com que seus seguidores, ou seu tráfego compartilhem seu conteúdo e interajam com você.

Prova social: Você vê dois restaurantes, um está vazio, é bonito, é apresentável, e tem um bom preço sendo anunciado, mas está vazio, e ao lado um cheio, você não consegue nem ver direito de tanta gente que tem. O restaurante cheio é bom e por isso está cheio ou por estar cheio ele é bom? A mente não consegue encontrar a resposta, por tanto, prova social diz respeito a um número de pessoas que está interagindo com você, assim como, o número de pessoas falando sobre você, te agradecendo ou te recomendando. Busque essas recomendações, e terá a prova social que precisa. Estamos preparando um outro artigo para falar só sobre isso. Aproveita para seguir nossas redes sociais e continuar recebendo dicas.

Autoridade: Como existem vários outros gatilhos, vamos nos limitar a estes três. Acredite, só estes já te trarão ótimos resultados. Gatilho de autoridade também é atingido quando você gera conteúdo. Falar sobre temas técnicos, responder dúvidas da audiência (aquelas que as pessoas digitam no google sabe?) São ótimas formas de gerar autoridade. O Gatilho da autoridade faz com que as pessoas vinculem seu nome a sua especialidade, quanto mais você demonstra conhecer do assunto, mais as pessoas buscarão por seus conteúdos ou seus serviços, e é aí que mora o diferencial.

Regras de Marketing Digital para escritórios de Advocacia

Assim como o marketing médico, advogados e escritórios também precisam respeitar uma série rigorosa de regras que, se violadas, podem causar problemas e multas para o profissional envolvido.

Você vai perceber que, apesar de muito difícil, há muito campo para para atuar com marketing digital para advogados. Preparamos uma quantidade significativa de dicas para te ajudar nessa jornada, mas primeiro, vamos entender o que você pode e não pode fazer no marketing digital.

 

Não pode

 

  • Fazer autopromoção se colocando como advogado mais qualificado;
  • Promover a quantidade de casos vencidos a fim de fazer autopromoção;
  • Promover o espaço físico do escritório como diferencial;
  • Publicar e/ou anúnciar valores de consultas e formas de pagamento, assim como promover qualquer tipo de promoção ou descontos para contratação;
  • Utilizar de referências de outros cargos ou empresas as quais trabalhou;
  • Utilizar de linguagem comercial direta como “Ligue e agende agora”;

 

Pode Fazer

 

  • Utilizar marketing de conteúdo para informar e educar a audiência;
  • Compartilhar notícias e tirar dúvidas;
  • Informar e se colocar à disposição utilizando canais e anúncios publicitários;

O ideal ainda é contar com a ajuda profissional para realizar seus anúncios no google e facebook. Esses canais possuem as próprias políticas de publicidade e de comunidade, caso você as viole constantemente você tem suas contas de anúncios e até mesmo redes sociais bloqueadas e desativadas.

Mas antes mesmo de contratar um profissional de marketing digital, ou uma empresa especializada, é importante contar com um bom plano de marketing digital.

Um plano de marketing digital é uma definição dos objetivos da empresa. É onde você define o que é importante para você e como você quer ser reconhecido e/ou lembrado. Vamos entender um pouco de quais planos você pode optar e definir.

 

Branding

Estratégias de branding incluem gerar conexões com os clientes através da comunicação dos seus valores, da sua missão, da sua marca, dos seus produtos e serviços, da sua história e condições de pagamento.

Dificilmente inclui uma promoção direta, pois você quer gerar a lembrança da sua marca nas pessoas. É aqui que se aplicam as estratégias e ideias super criativas de agências de marketing digital. Nos canais digitais são usadas campanhas de alcance, reconhecimento de marca e engajamento a fim de construir uma comunidade de pessoas que simpatizam com a marca.

 

Vendas

Se você estiver querendo aumentar as vendas online, então as estratégias de vendas incluirão aumentar a visibilidade dos seus produtos, serviços, condições de pagamento, promoções, descontos, eventos,  cupons de desconto. Lembre-se, isso não se aplica a escritórios de advocacia e profissionais da área jurídica. Infelizmente, outra regra imposta pelos conselhos da área é com relação a preços e condições de pagamento, o máximo que você poderá divulgar é o seu contato e mostrar quais são as suas especialidades, então, nas suas estratégias de marketing você precisa deixar bem claro que você quer vender, para que os profissionais da área possam conduzir seus objetivos usando a internet.

Aqui vai uma dica para você gerar mais vendas usando o próprio marketing de conteúdo, a estratégia conhecida como Advercontent (Anúncio de Conteúdo Educativo/Informativo) Consiste em você fazer um anúncio de um conteúdo que você publicou, e durante o conteúdo você fazer chamadas sutis pedindo para as pessoas agendarem com “um profissional de confiança”, o qual, como você está recomendando, acaba direcionando para você.

 

Estratégias de Anúncios: Marketing digital para Clínicas Médicas

Chegamos no ponto alto deste conteúdo, e agora você já pode estar se perguntando como colocar tudo isso em prática. Logo abaixo você pode fazer um rápido cadastro para receber uma consultoria gratuita de marketing digital com nossos estrategistas digitais.

Separamos algumas dicas que podem ajudar você a aumentar seu tráfego e a visibilidade do seu escritório, vamos passar tudo de forma direta e clara.

1- Use Canais de Vídeo: youtube, tiktok e reels no instagram. Poste ao menos duas vezes por semana com dicas ou com conteúdos informativos, dessa forma você terá um aumento no seu alcance orgânico;

2- Use os Stories: Utilize as ferramentas de stories para conversar com o público, tirar dúvidas e principalmente, fazer perguntas para que você possa criar outros conteúdos em vídeo;

3- Faça Lives: Lives são ótimas para gerar autoridade e aproveitar o engajamento com sua audiência.

4- Anúncios de Engajamento: Use posts que tiveram bom engajamento orgânico nos seus anúncios com objetivo de engajamento, assim você vai distribuir mais e obterá mais seguidores por prova social e reciprocidade;

5- Anúncios de Mensagem: Anúncios de mensagem gerarão vendas para você, as pessoas entrarão em contato para agendar ou para tirar dúvidas;

6- Anúncios de ligação: Anúncie no google com público segmentado por bairro e cidade para agendar consultas, assim você receberá mais ligações.

Quer continuar recebendo dicas como essas para melhorar seu marketing digital, siga nosso perfil nas redes sociais e/ou entre em contato conosco e ganhe uma consultoria gratuita.

 

Sorex Ninja

Autor Sorex Ninja

Mais posts de Sorex Ninja

Deixe um Comentário

Open chat
Fale com a gente!